Neste projeto, vou documentar uma nova experiência. Planeio construir uma horta de varanda. Agora, não consigo passar tanto tempo na minha casa de aldeia, por isso, tive que me adaptar.

Primeiro, medi o espaço. Visto que é num espaço fechado, tenho de ter cuidado com as medidas.

Depois, procurei as melhores opções. Queria um vaso grande o suficiente para vários tipos de plantas, mas dentro do meu orçamento. Também, é importante que o vaso tenha um sistema de drenagem.

Também, procurei sementes de variadas plantas. Eu já tinha em casa sementes de tomate, orégãos, chá príncipe e erva cidreira. Além disso, adquiri as seguintes sementes:

Agora está na altura de procurar folhas, ramos, cartão, relva,… para forrar o fundo do vaso. Passei a tarde num jardim perto de minha casa a recolher este material.

Entretanto, está na hora de começar a germinar algumas sementes. Peguei na casca de dois ovos e coloquei neles sementes. 

Além disso, coloquei restos de cozinha na terra para os tentar germinar. Se não conseguir ter sucesso, não tem problema, porque esses restos serviriam de adubo para uma próxima experiência.

Finalmente, enchi o resto do vaso com terra.

Passado umas semanas, os meus esforços começaram a dar frutos! Uma das sementes começou a brotar.

Além disso, começou a nascer uma batata a partir das cascas greladas que tinha posto debaixo da terra para servir de adubo!

Depois desta boa surpresa, surgiu-me a dúvida: “Qual é a melhor época para plantar batatas?” Por isso, fiz alguma pesquisa sobre o assunto.

As batatas preferem um clima ameno, com uma temperatura média entre 15°C e 20°C. Temperaturas muito altas podem afetar negativamente o crescimento das plantas e a formação dos tubérculos. Por outro lado, temperaturas muito baixas podem causar danos às plantas e retardar o crescimento. Por isso, a melhor estação é a primavera.

Ao plantar batatas, é importante fornecer uma quantidade adequada de água. As batatas requerem uma boa umidade no solo para um crescimento saudável. É recomendado regar as plantas regularmente, especialmente durante os períodos de seca.

Em relação à manutenção, as batatas não exigem muitos cuidados específicos. É importante controlar as ervas daninhas ao redor das plantas para evitar a competição por nutrientes e água. Além disso, é importante monitorar as plantas em busca de sinais de pragas ou doenças e tomar medidas adequadas para controlá-las, se necessário.

A colheita das batatas geralmente ocorre cerca de 90 a 120 dias após o plantio. Nesse momento, as plantas estarão maduras e as folhas começarão a cair. É importante ter cuidado ao colher as batatas para evitar danos aos tubérculos. O indicado é usar uma enxada para desenterrar cuidadosamente as batatas do solo.

Fontes:

https://acientistaagricola.pt/cultura-da-batata/

https://www.jardineriaon.com/pt/como-e-quando-plantar-batatas.html

https://www.compo.pt/guia/cuidar-das-plantas/ervas-aromaticas-frutas-e-legumes/plantar-batatas

https://www.lojaskd.com.br/blog/como-plantar-batata/

Também tenho como objetivo plantar tomates, por isso pesquisei sobre o assunto e fiz também um resumo do que aprendi, na linha do resumo anterior.

Os tomates preferem um clima ameno, com uma temperatura média entre 20°C e 25°C. Temperaturas muito altas podem afetar negativamente o crescimento das plantas e a formação dos frutos, enquanto temperaturas muito baixas podem retardar o crescimento e até mesmo danificar as plantas.

Ao plantar tomates, é importante fornecer uma quantidade adequada de água. Os tomates têm uma alta demanda por água, especialmente durante o período de frutificação. É recomendado regar as plantas regularmente, mantendo o solo úmido, mas evitando o encharcamento.

Em relação à manutenção, os tomates requerem alguns cuidados específicos. É importante fornecer suportes ou estacas para as plantas à medida que crescem, a fim de evitar que os ramos se dobrem ou quebrem sob o peso dos frutos. Além disso, é fundamental realizar a poda adequada das plantas para promover uma melhor circulação de ar e evitar o desenvolvimento de doenças.

Assim como no cultivo de batatas, é importante controlar as ervas daninhas ao redor das plantas de tomate para evitar a competição por nutrientes e água. Além disso, é necessário monitorar as plantas em busca de pragas como pulgões, lagartas e ácaros, e tomar medidas adequadas para controlá-las, seja por meio de métodos naturais ou com o uso de produtos específicos, se necessário.

A colheita dos tomates geralmente ocorre quando os frutos estão maduros e atingem a cor desejada. Isso pode variar dependendo da variedade cultivada. Os tomates devem ser colhidos cuidadosamente, cortando o caule principal ou utilizando tesouras de poda para evitar danos aos frutos.

Fontes:

https://pixmemories.pt/portugal/quando-plantar-tomates-em-portugal/

https://www.comofazertodo.com/cultivo-de-alimentos/quando-plantar-tomates-em-portugal/

https://www.plantarportugal.org/blog/plantar-tomates

https://www.jardineiro.net/como-plantar-tomate-os-segredos-do-plantio-ate-a-colheita.html

https://www.tuacasa.com.br/como-plantar-tomate/

Na minha horta de jardim, tenho uma cebola a crescer que foi atacada
por uma praga: Pulgão-preto. Estive a pesquisar sobre como eliminá-la.
Entretanto, como a horta foi infestada por mosquitinhos pequenos,
também pesquisei para saber como eliminá-las.
Pulgão-preto: como matar essa praga que afeta sua lavoura
Os pulgões são conhecidos como afídeos. São insetos que se
multiplicam com facilidade e causam grandes danos às plantas
infestadas.
Ele basicamente suga a seiva das plantas, afetando assim o seu
desenvolvimento.
O controle biológico também pode ser feito com receitas caseiras.
Uma delas, para locais com poucas plantas atacadas, é passar chumaço
de algodão embebido em uma mistura de água e álcool ou vinagre.
Ela deve ser passada na parte das folhas onde ocorre a infestação, de
forma semanal.
Para locais onde a infestação é maior, recomendam-se soluções que
contenham sabão, detergente ou pimenta. A mistura é feita com água e
pulverizada nas folhas, como se fosse um inseticida comum.
Uma receita, bastante conhecida, é feita através da mistura de sabão
azul. A receita é a seguinte:
Misturar 20 mililitros de sabão para cada litro de água;
Diluir tudo em um balde;
Pulverizar em todas as partes da planta.
É importante realizar, no mínimo, uma aplicação a cada semana,
durante 3 semanas.
Mosquitinhos pretos das plantas
Os mosquitinhos pretos, que pairam sobre as plantas são chamados de
Fungus gnats. Eles são insetos muito pequenos (de 2 a 3mm) e voam
de forma lenta em cima do substrato.
Os insetos recebem o nome de Fungus gnats porque as suas larvas
alimentam-se dos fungos que fazem parte da matéria orgânica. E
quando essas larvas se tornam mosquitos adultos, elas depositam ovos
na terra e mais larvas nascem. Assim, o ciclo de vida recomeça.
Como eliminá-los
Uma dica caseira é preparar uma solução com uma parte de água
oxigenada (10 volumes) para quatro partes de água. Aplique a mistura
quando o substrato da planta estiver seco.
Com outros tipos de água oxigenada, as medidas ficam assim:
20 volumes: 8 partes de água;
30 volumes: 12 partes de água;
40 volumes: 16 partes de água.
Use a solução para regar a planta uma ou duas vezes por semana.
Outra sugestão é tirar a planta do substrato contaminado, lavar as raízes
com água e sabão, e fazer o replantio numa terra saudável.
Caso não seja possível trocar completamente o substrato, a dica é
remover pelo menos 4 cm da superfície contaminada e completar o vaso
com uma terra saudável.

Categorias: Ciências

1 comentário

Christie Higgs · Março 12, 2024 às 8:13 am

You really make it seem so easy with your presentation but I
find this topic to be actually something which I think I would never understand.
It seems too complicated and very broad for me. I am looking forward
for your next post, I’ll try to get the hang of it!

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de email não será publicado.